Oftalmologista em Ribeirão Preto | Oftalmo Mabtum

AGENDE SUA CONSULTA

(16) 3623.0406

De segunda a sexta das 7h30 às 19h

(exceto 4ª feiras, até às 18h)

Sábado 7h às 11h30

Blog

home / blog

Mais Posts

08

Julho

Julho Turquesa: Mês da Conscientização do Olho Seco

 

 

Em 2017 foi instituído pela TFOS (Tear Film Ocular Surface Society), o Mês da Conscientização do Olho Seco, com o objetivo de divulgar e informar a população sobre essa doença que interfere diretamente sua qualidade de vida e visão.

No Brasil, o Julho Turquesa: Mês da Conscientização do Olho Seco ressalta a importância da busca do auxílio do oftalmologista para o correto diagnóstico e tratamento.


O QUE É OLHO SECO?

O Olho Seco, ou Síndrome do Olho Seco, ou ainda Doença do Olho Seco, ocorre com a diminuição da quantidade e/ou alteração da qualidade da lágrima, causando sintomas de ressecamento ocular, sensação de areia nos olhos e embaçamento visual.

É extremamente comum: atinge cerca de 14 a 52% da população mundial. Em terras brasileiras, estima-se que o Olho Seco acometa de 13 a 24% da população.


O QUE CAUSA O OLHO SECO?

• Uso prolongado do computador: quando usamos o computador e outros recursos digitais como tablets e smartphones, diminuímos a frequência de piscadas, o que leva a evaporação do filme lacrimal podendo causar sintomas de Olho Seco;
• Idade e sexo: a síndrome do Olho Seco pode acometer qualquer idade, mas é mais prevalente nos indivíduos mais velhos, principalmente em mulheres.
• Lentes de contato: especialmente quando utilizadas incorretamente, pode alterar a lubrificação da córnea e causar intolerância ao seu uso.
• Ar condicionado: locais com ar condicionado proporcionam ambientes mais secos que levam a evaporação mais rápida das lágrimas;
• Outros fatores que estão associados ao Olho Seco: cigarro, medicações, como, por exemplo, antidepressivos, antialérgicos e anti-hipertensivos; algumas doenças sistêmicas como síndrome de Sjögren, alterações nas glândulas palpebrais, dentre outros.

Se você acha que tem olho seco, ou está frequentemente sob a ação de um desses fatores causadores do Olho Seco, procure um oftalmologista e faça uma avaliação específica para o seu caso, a fim de determinar qual o tipo de tratamento adequado para a sua situação.


DIAGNÓSTICO DO OLHO SECO

Para um diagnóstico preciso, é necessário avaliar o tempo de ruptura do filme lacrimal, a osmolaridade e coloração da superfície ocular por corantes específicos.


TRATAMENTO DO OLHO SECO

O tratamento depende primeiramente do reconhecimento do tipo e da gravidade do Olho Seco, o que deve ser feito pelo exame por um médico oftalmologista.

A meta do tratamento para os olhos secos é aliviar os sintomas, repor e/ou preservar a lágrima e manter a integridade da superfície ocular.

São várias as formas de tratar o Olho Seco, que podem incluir:
• Colírios específicos, conhecido como lágrimas artificiais;
• Lágrimas artificiais em forma de gel;
• Oclusão da drenagem de lágrimas com plugs or termocauterização;
• Uso de medicamentos sistêmicos, como derivados da tetraciclina ou Pilocarpina;
• Antiinflamatórios tópicos
• Suplementação alimentar com ômega-3;
• Uso de óculos especiais ou lentes de contato esclerais;
• Soro autólogo;
• Tratamento com luz pulsada;
• Tratamento termopulsátil;
• Cirurgia.

Aproveite que Julho Turquesa é o mês mundial de conscientização do Olho Seco e agende já sua consulta no Centro Oftalmológico Mabtum.

Agende no WhatsApp Agora!
×