Cirurgias

home / cirurgias

Menu Cirurgias

CROSSLINKING DA CÓRNEA

Crosslinking da córnea tem como finalidade impedir a progressão do ceratocone e nas ectasias pós-Lasik, pois aumenta a resistência e estabilidade da córnea. 
 

Quais são as suas indicações?

Crosslinking da córnea está indicado: 

Ceratocone: a córnea fica fina e perde a rigidez, causando uma  deformação progressiva em sua curvatura. A córnea assume a  forma de um cone, provocando a percepção de imagens distorcidas. A maioria dos casos é genético, tendo uma herança familiar. Está indicada nos casos de progressão documentada da doença. 

Ectasias Pós-Lasik: a parte mais importante da cirurgia refrativa é a indicação cirúrgica. Algumas córneas têm a estrutura naturalmente mais frágil e por isso tem risco maior de não resistir a cirurgia pela técnica Lasik. Quando a cirurgia é indicada nesses casos, o formato da córnea pode vir a ficar deformado, comprometendo a visão. 
 

Quais são os procedimentos cirúrgicos?

Após a aplicação do colírio anestésico e preparos iniciais da córnea, é empregado o colírio de vitamina B2 diretamente no olho que, associado à exposição da luz UV-A emitida por uma fonte, aumenta a ligação das fibras de colágeno da córnea. O enrijecimento da córnea evita que a córnea continue a mudar de forma. 


A cirurgia causa dor?

O procedimento é realizado com aplicação de colírio anestésico e não causa dor.


Qual o tempo da cirurgia e da recuperação?

O procedimento dura cerca de uma hora. A recuperação é gradativa e deve ser avaliada mensalmente. Normalmente, o Crosslinking não causam a cura do ceratocone e das ectasias corneanas, mas ajuda a evitar o agravamento da doença. Dessa forma, depois do procedimento pode ser necessário continuar a utilizar óculos ou lentes para melhorar a visão. 

 

>> CLIQUE E AGENDE A SUA CONSULTA

Agende no WhatsApp Agora!
×